Dez casas de dois andares por arquitectos mexicanos

Solliciter un devis

Le numéro est incorrect. Merci de vérifier le code du pays, préfixe et numéro de téléphone.
En cliquant sur 'Envoyer', je confirme que j'ai lu le Politique de confidentialité et j'accepte que mes informations précédentes soient traitées pour répondre à ma demande.
Note : Vous pouvez révoquer votre consentement en envoyant un e-mail à privacy@homify.com

Dez casas de dois andares por arquitectos mexicanos

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Maisons de style  par Excelencia en Diseño
Loading admin actions …

A criatividade dos arquitectos mexicanos não tem limites. As suas propostas respondem às necessidades dos clientes de forma completa e eficaz, brindam-nos com a possibilidade de, não só, cumprirem os seus sonhos como também resolver problemas funcionais que possivelmente ainda não tinham sido detectados. Uma regra popular no projecto arquitectónico é conhecer o que o cliente deseja e dar-lhe, acima de tudo, o que ele necessita: funcionalidade, ordem, conforto, estabilidade e beleza.

Neste livro de ideias, levamo-lo a conhecer 10 casas projectadas por arquitectos mexicanos que partilham um denominador comum: todas são de dois andares. Se tiver a ideia de construir a sua casa com dois pisos ou remodelar a sua fachada, pode descobrir aqui um conjunto de ideias que o podem ajudar.

1 – Contemporâneo

Para iniciar o conjunto de projectos de hoje, apresentamos esta casa localizada em Hermosillo, Sonora. Volumes puros e linhas rectas dominam o projecto e oferecem-lhe um toque de pureza e elegância, juntamente com a cor branca do cimento e o tom cinzento de pedra da entrada pedestre.

Desde a rua podemos apreciar uma grande janela no volume vertical. O desenho mantém-se discreto, escondido atrás de um grande portão de ferro negro que protege a garagem. O edifício é projectado de forma a mantém a privacidade dos proprietários, oferecendo-lhes toques de elegância bem presentes nas madeiras do tecto do segundo piso e nos brilhantes planos de vidro. Um pequeno jardim ornamental junto ao acesso pedonal recebe alegremente as visitas e torna a casa num espaço ainda mais alegre.

2 – Minimalista

Construída em Zapopan, Jalisco, esta casa, simples à primeira vista, esconde uma grande maravilha tecnológica e sustentável. O seu projecto, de carácter minimalista, conta com um grande volume superior revestido com cerâmica italiana a imitar madeira e uma tira de janelas de vidro protegidas por um longo e delgado guarda-sol. No piso inferior, uma garagem com portão eléctrico e uma arvora de enorme personalidade recebem amigavelmente as visitas. A casa conta com painéis solares foto voltaicos, aquecedores colares para água, sistemas de tratamento de águas residuais e da sua reutilização para os jardins. A iluminação é feita à base de luminárias LED e a intercomunicação dá-se por meio de sistemas inteligentes. A combinação entre todos estes benefícios e a beleza simples da arquitectura tornam este edifício num projecto irresistível.

3 – Estilo californiano

Estamos perante uma casa de desenho tradicional, com balcões, pátios, telhas e tectos a quatro águas: um estilo totalmente californiano. Este tipo de casa tem o dom de nos fazer apaixonar logo à primeira vista, pois mostram-se encantadoras, confortáveis e acolhedora.

A cor branca com tonalidades de pedra cremosa domina o conjunto, fazendo ressaltar os detalhes de ferro negro da varanda e terraço do piso superior, assim como a claridade da madeira dos moveis e as estruturas do tecto. Potes de barro espalhados pelo espaço, poltronas de couro e cercas de vegetação baixa convidam-nos a esquecer  o stress do dia-a-dia e a mergulhar na tranquilidade de um edifício que, mesmo estando localizada no centro urbano, tem todas as características de uma casa de campo.

4 – Simples e moderno

Apesar do estilo do desenho desta casa ser minimalista, os criadores decidiram utilizar diversos materiais, profundidades e alturas, de forma a distinguir planos e volumes, criando um jogo rico e interessante de imagens, luzes e sombras.

O volume do piso superior caracteriza-se por três planos revestidos em madeira e uma estrutura de vidro que corresponde ao quarto principal. No piso térreo, por outro lado, é dada prioridade ao acesso pedonal no lado direito do edifício, delimitando-o através de luzes que iluminam de forma inteligente um longo muro branco.

5 – Muita luz

O projecto desta casa foi criado com base nos conceitos de comodidade, segurança e amplitude e, considerando as características do terreno foi estudada uma forma interessante de abrir os espaços interiores sem perder privacidade.

O piso térreo é o espaço onde os moradores realizam as principais actividades e, tal como nas áreas privadas e de serviço do piso superior, interage com o terraço exterior de forma a permitir uma grande amplitude, assim como a entrada de luz e ar puro em todos os espaços. O material que assumem maior protagonismo na vivenda é o vidro que tanto nas espaços interiores como no terraço são protegidos do sol por uma estrutura em pergola de dupla altura que permite uma entrada de luz moderada e precisa.

6 – Um panorama sem fim

Esta maravilhosa casa de 315 metros quadrados possui um fantástico terreno onde a cor verde se destaca e oferece muito estilo e beleza.

Desde esta perspectiva podemos apreciar a uma garagem aberta, mas ainda assim protegida do sol, e uma fachada lateral e posterior que se abre de forma luminosa ao espaçoso jardim. A composição do edifício faz-se por volumes simples que se sobrepõem num jogo de sombras e coberturas interessante e atractivo. Os materiais naturais predominam no espaço, onde se destacam a pedra que reveste o volume inferior e as colunas, pedra negra dos muros, a madeira da estrutura do telhado. A tudo isto junta-se o ferro negro que dá um toque muito contemporâneo ao conjunto sem nunca lhe retirar a atmosfera acolhedora e confortável.

7 – Modernismo

Os dois aspectos mais interessantes desta casa são o forte estilo modernista que se recuperou praticamente na integra com o projecto de restauração levado a cabo neste casa dos anos 70 e, não menos importante, o facto de, mesmo contando com duas plantas a casa se desenrolar apenas num piso: o superior.

Construída nos jardins do Pedregal, na cidade do México, esta casa honra os grandes arquitectos modernistas graças à criatividade e respeito dos profissionais responsáveis pelo projecto. No piso térreo existe uma garagem, um grande jardim, um terraço protegido e um espaço de serviço com sanitários e uma adega. Através de uma porta de vidro é possível chegar às escadas que nos levam a um corredor do piso superior que nos conduz às áreas privadas pelo lado direito e às áreas sociais pelo lado esquerdo. Como cereja no topo do bolo um longo e elegante plano de vidro conecta-nos com o jardim através de um grande terraço que atravessa todo o comprimento da casa.

8 – Ladrilho e luz

De estilo ecléctico e de carácter forte, esta casa é acolhedora e colorida, plena de modernidade mas com uma clara influência de rusticidade, bem presente na utilização do ladrilho que ocupa os principais planos estruturais. Trata-se de uma deliciosa combinação de ladrilho vermelho nos muros, paredes laterais e interiores com faixas de pedra negra que delimitam o segundo piso. Uma série de janelas protegidas por persianas de alumínio negro dão ao edifício um toque de classe e elegância que se mistura perfeitamente com a rusticidade da grande parede vermelha.

Abaixo, uma total transparência conecta o espaço interior com o terraço, jardim e área de refeições ao ar livre. Um maravilhoso projecto, contemporâneo e acolhedor.

9 – Ao ar livre

Esta casa está construída numa área residencial projectada de forma a aproveitar ao máximo as vistas e respeitar a vegetação existente. A cor branca foi essencial: por um lado funciona na perfeição em conjunto com a cor cremosa da pedra e, por outro lado, o seu brilho expande os espelhos de luz, oferecendo uma sensação de maior amplitude e frescura. Os elementos de vidro, aço inoxidável e alumínio dão um toque moderno, sem perder o aconchego e conforto da pedra e do entorno natural. A piscina, por seu lado, é o toque de luxo que encerra este fantástico projecto de arquitectura edificado entre árvores. Um projecto brilhante do estúdio Enrique Cabrera Arquitecto.

10 – Cor e calor

Esta residência é o resultado de uma espera de 10 anos, durante os quais se amadureceram as ideias do projecto e as necessidades dos proprietários. Agora, esta é uma verdadeira casa de sonho. Com toques precisos de cor, discretas transparências, surpreendentes texturas e detalhes preciosos, esta construção mostra-se sólida, forte, estilizada e moderna, mas  também quente e acolhedora.

O volume principal da casa está revestido em tons de cor de laranja, uma cor perfeita para destacar uma paisagem e com ela criar um ambiente de enorme valor.

Maison de Village : Maisons de style  par Lautrefabrique

Besoin d’aide pour votre projet de maison ?
Contactez-nous !

Trouvez l’inspiration pour votre maison !