Pátios e terraços: 9 pérgolas fantásticas

Solliciter un devis

Le numéro est incorrect. Merci de vérifier le code du pays, préfixe et numéro de téléphone.
En cliquant sur 'Envoyer', je confirme que j'ai lu le Politique de confidentialité et j'accepte que mes informations précédentes soient traitées pour répondre à ma demande.
Note : Vous pouvez révoquer votre consentement en envoyant un e-mail à privacy@homify.com

Pátios e terraços: 9 pérgolas fantásticas

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
La PERGOLA BIOCLIMATIQUE par SOLISYSTEME: Toiture en appentis de style  par SOLISYSTEME
Loading admin actions …

A pérgola não é uma construção moderna. Pelo contrário, a palavra “pérgola” provém da palavra italiana “pergola” que, por sua vez, procede da palavra latina “pergula”. O termo, em inglês, data do ano 1675.

As pérgolas existem em diferentes materiais e estilos e algumas surpreendem-nos com as suas formas imponentes e vanguardistas. Ainda que seja um tipo de construção centenária, a sua estrutura evoluiu profundamente ao longo do tempo e encontramos agora soluções diversas, algumas com lâminas controladas por comando.

No livro de ideias de hoje, incluímos nove espaços resguardados por pérgolas. Veja-os e seleccione o seu favorito.

1. O que são as pérgolas?

As pérgolas são elementos arquitectónicos e estruturais que formam um corredor ou espaço coberto. Têm colunas e pilares que sustêm vigas longitudinais sobre as quais se apoiam outras de menor dimensão. Nestas construções temos diferentes tipos de acabamentos. Há as que têm apenas esta estrutura em madeira ou ferro ou com a combinação de ambos os materiais. Outras há que têm plantas trepadeiras a crescer em torno das suas colunas. Há pérgolas mais modernas cujas coberturas são feitas através de um determinado tipo plástico. Desta forma, a zona fica resguardada da chuva, mas, ao mesmo tempo, entra a luz natural.

Nesta imagem, da autoria do gabinete Stefani Arquitetura, vemos uma pérgola original que cobre o alpendre e contém cortinas a separá-lo do jardim. Um verdadeiro oásis.

2. A pérgola como extensão da sala

Se tem uma sala que pretende prolongar até ao jardim, o mais prático é colocar um pavimento e cobri-lo com uma pérgola. Nesta fotografia, vemos que se utilizaram os perfis estruturais do ferro e da madeira. Esta estrutura apoia-se na parede da casa e as duas colunas assentam no jardim. Esta é uma boa solução para aumentar a área social da casa. Os móveis de exterior complementam este desenho.

3. Bambu como cobertura

Uma estrutura metálica a suster uma cobertura de bambu. É uma combinação bonita e harmoniosa, ideal para exterior. Este estilo coaduna-se especialmente a terraços rústicos. É importante realçar que na imagem não existem colunas e que a estrutura se apoia nas paredes laterais da construção. Para pôr em prática esta ideia, é necessário asseverar a qualidade de suporte das paredes.

4. De metal

O metal é uma estrutura moderna, fina e elegante. Na imagem, vemos uma zona de apoio à piscina coberta por uma delicada estrutura em metal que a resguarda do sol e da chuva. Os móveis escolhidos, por estarem salvaguardados por esta cobertura, não parecem típicos de exterior. Embora a madeira se adapte a vários estilos, se preferir uma estética mais crua e minimalista, opte pelo ferro.

5. Uma pérgola moderna

La PERGOLA BIOCLIMATIQUE par SOLISYSTEME: Toiture en appentis de style  par SOLISYSTEME
SOLISYSTEME

La PERGOLA BIOCLIMATIQUE par SOLISYSTEME

SOLISYSTEME

Nesta solução, a estrutura de colunas e de vigas sustém as lâminas que podem ser abertas e fechadas em ângulos distintos mediante controlo remoto. Desta forma, a área fica completamente coberta se assim o desejarmos ou, pelo contrário, totalmente aberta. Ao longo do dia, é possível regular a posição das pás – ou lâminas – consoante a posição do sol. Esta é uma opção moderna e completa, mas mais dispendiosa. Porém, em termos de eficácia, será, porventura, a melhor.

6. Abre e fecha

Neste belo terraço, a estrutura está ancorada à casa e a cobertura é um painel feito num tecido forte que pode ser esticado ou recolhido consoante o desejo dos moradores. À semelhança da opção anterior, também esta é moderna e eficaz. Ao longo do dia, para sombreamento, os proprietários podem mantê-la aberta e, ao fim do dia, quando o sol se puser e o calor estiver mais suportável, podem recolhê-la e usufruir do ambiente em pleno. A vantagem destas coberturas é tornarem a zona exterior funcional mesmo em dias de chuva.

7. Em curva

Na imagem, encontramos uma pérgola mais orgânica fixada à parede e no chão atrás dos bancos. Esta é uma solução para a qual se aproveitou o crescimento das videiras que a acabam de cobrir. A estrutura é leve, mas em casas como este serve para cobrir um terraço ou uma garagem, deixando o espaço conveniente para qualquer uso.

8. Toda em madeira

Eis-nos na antepenúltima imagem que, por sinal, nos tira a respiração. Esta pérgola forte e robusta tem pilares e vigas espessas que formam um desenho fenomenal. Para além disso, está aberta para uma vista deslumbrante sobre o mar e tem tamanho suficiente para abrigar vários espaços distintos, desde zonas de refeição a zonas de lounge. A madeira recorta-se sobre o fundo azul do horizonte e parece ter sido feita para estar aqui.

9. Coberta por colmo

Desta vez, a pérgola cobre uma zona da piscina, definindo um bar dentro dela. Não é para todos. A cobertura em colmo adequa-se ao contexto. Já existem, também, alternativas sintéticas, com maior durabilidade e alta qualidade. Estes telhados alternativos não agridem o meio ambiente e são pouco dispendiosos.

Maison de Village : Maisons de style  par Lautrefabrique

Besoin d’aide pour votre projet de maison ?
Contactez-nous !

Trouvez l’inspiration pour votre maison !