Mil e uma dicas sobre remodelação de cozinhas

Solliciter un devis

Le numéro est incorrect. Merci de vérifier le code du pays, préfixe et numéro de téléphone.
En cliquant sur 'Envoyer', je confirme que j'ai lu le Politique de confidentialité et j'accepte que mes informations précédentes soient traitées pour répondre à ma demande.
Note : Vous pouvez révoquer votre consentement en envoyant un e-mail à privacy@homify.com

Mil e uma dicas sobre remodelação de cozinhas

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
par Greenbop Moderne
Loading admin actions …

A cozinha é das divisões que mais gostamos da nossa casa, por ser lá que podemos dar asas à nossa imaginação, confecionando deliciosas iguarias, mas também por ser um espaço social, onde partilhamos e conversamos. É, por isso, necessário que nos sintamos bem dentro dela. Mesmo que a sua cozinha seja ainda funcional e em boas condições, poderá não gostar mais do seu aspeto e sentir necessidade de atualizá-la (urgentemente). Não pense que esse investimento seja um desperdiço, pois é da divisões que apresenta maior retorno na hora de vender a sua casa!

Com um orçamento baixo ou não, queremos que tenha uma cozinha à sua imagem. Mostramos, neste artigo, dicas e sugestões para todas as carteiras, apresentamos também preços e respondemos a outras questões. Quer nos acompanhar? Então, venha connosco, porque a homify tem sempre o prazer de tê-lo como convidado de honra, seja na cozinha ou noutro lugar!

1. Remodelação de cozinha em 4 ideias chaves

Num processo de remodelação de cozinha há que pensar em vários critérios: estilo, gosto, orçamento, profissionais e objetivo(s). Depois poderá ou não precisar de profissionais da área, tudo dependerá do que remodelar na sua cozinha e nas suas habilidades, nessa área. 

- Quando planeia remodelar uma cozinha uma das primeiras questões que deve colocar-se é qual é o seu limite monetário. Deve considerar o custo dos equipamentos, dos móveis, dos eletromésticos, dos profissionais e respetiva mão-de-obra, da decoração e outros materiais. Deve sempre estar preparado para uma surpresa que possa surgir no decorrer do trabalho de remodelação, por exemplo como um problema de canalização. Se o seu orçamento for limitado, pense onde pode reduzir os custos. Faça escolhas sensatas e que vão sempre ao seu gosto. Por exemplo, se não tiver dinheiro para um chão de madeira, opte por um chão flutuante. 

- Deve procurar os especialistas em remodelações de cozinha, para obter conselhos sensatos. Procure nos showrooms de remodelações de cozinhas, pois lá pode obter informações gratuitas. No entanto, pode contratar um designer de cozinha para avaliar o espaço e dar-lhe ideias de remodelação e decoração que, provavelmente, não tinha considerado. 

Rear Extension Salle à manger moderne par Oakman Moderne
Oakman

Rear Extension

Oakman

- Outro passo fundamental na remodelação de cozinha é definir objetivos, ou seja, o que é que quer: armários novos? Novo chão? Nova parede? Novos candeeiros? Nova mesa? Uma bancada maior? Alterar o estilo ou cores do mobiliário? Enfim, define uma lista clara dos objetivos que gostaria de levar a cabo na remodelação da sua cozinha, comece com o que mais gostar e o que for mais importante para si, por fim, escreva os pequenos luxos, que não são tão necessários, mas que gostaria de ver diferente na sua cozinha. 

- Embora a vontade seja muita de ver e ter uma cozinha nova e remodelada, não deve ter pressas, porque a remodelação de uma cozinha é um trabalho de amor. Faça tudo com calma, para não se arrepender e para que tudo seja o mais harmonioso possível. Partilhe as suas vontades e desejos com os empreiteiros. Deve (tentar) tomar as melhores decisões para criar uma cozinha que vai adorar durante muitos anos. 

2. 5 erros a evitar na renovação da sua cozinha

Aquando a renovação da cozinha há que ter cautela, de modo a não errar. Chamamos a sua atenção para os erros mais comum e onde nos deixamos facilmente seduzir, caindo na armadilha.

Regra nº1: Não minimize o espaço. 

Quando renova a sua cozinha, deve ter uma ideia clara do espaço disponível. Por exemplo, não é a mesma coisa uma cozinha para um casal num apartamento pequeno, ou uma cozinha para uma família com vários filhos numa grande casa. Por vezes, queremos ter tudo e isso condiciona imenso todo o projeto. Deve ser o mais coerente possível, não queira pôr uma ilha de cozinha, num espaço de 12 m², pois parece melhor reservar o centro da cozinha para a passagem das pessoas.

Regra nº2: Não negligencie as características da cozinha

Concentrar-se apenas no lado estético em detrimento do aspecto funcional do espaço. Crie uma lista com os elementos essenciais no dia-a-dia, de modo a proporcionar um espaço funcional.

Regra nº3: Não escolha materiais difíceis de manutenção
Há que ser prático e neste caso, concentrar-se em materiais que sejam práticos e não deixar-se levar apenas pelo lado estético. Seja o revestimentos dos móveis, das paredes ou do piso. Escolha materiais que não se veem tantas as sujidades e que sejam resistentes aos choques, mancha, gordura e humidade. A manutenção/limpeza também deve ser fácil.

Regra nº4: Não faça tudo sozinho, sem pedir a ajuda de um profissional
Desde a criação do projeto de renovação de cozinha até à fase de construção, é preferível contactar um ou mais profissionais. A remodelação de uma cozinha abrange várias áreas: organização, canalização, eletricidade, ladrilhos, instalação de móveis, pintura, etc. Ter o conselho de um especialista evita surpresas desagradáveis, como partilha bons pontos de vista, que melhorarão a remodelação da sua cozinha. 

Regra n°5: Esquecer-se da iluminação na renovação da cozinha 
Uma luz fraca torna o ato de cozinhar bastante desconfortável. Assim, deve instalar uma iluminação direcionada, como por cima da bancada e da pia. Luzes fluorescentes, luzes LED ou outros pontos de luz direcionados, por baixo de armários ou prateleiras permitem proporcionar um ambiente agradável na cozinha. Tons claros e espelhos também podem ajudar.

3. Que cor de cozinha escolher e que materiais?

Existe uma panóplia de cores e de revestimentos de cozinha, mas é algo que dependerá muito do seu gosto pessoal, aliado à construção e estilo da casa. Falamos um pouco sobre as cozinhas mais comuns e que, geralmente, prendem corações: 

- a cozinha branca é sempre uma opção certa, nunca falha. Combina com tudo e com todos os estilos. Proporciona um ambiente luminoso e acolhedor, além disso, é uma cor que não cansa tanto a longo prazo. 

- A cozinha rústica é muito amada, pelos portugueses. Não tem necessariamente ser de madeira castanha, pois pode apresentar outras cores. Aliás pode conjugar uma cozinha de estilo mais moderno com detalhes rústicos na sua cozinha, como uma parede de pedra, lustres ou decorações rústicas, tal como a primeira imagem.  

- A cozinha de madeira é o coração da tendência! Seja a madeira clara ou escura, ela transmite aconchego e calor ao espaço, combina com todas as cores e estilos, sem dúvida que, proporciona um ambiente com caráter. Para uma opção mais barata pode optar por uma cozinha em MDF. 

- Se gostar de cores escuras e a sua cozinha for pequena, deve aplicá-las apenas numa parede livre.

- Gosta de cozinha coloridas? Se for caso disso, temos um artigo muito colorido para si: Cozinhas coloridas: ideias e sugestões de aplicação fácil

4. Como tirar melhor partido da cozinha?

Shoreditch EC1: Warehouse Living Cuisine industrielle par Increation Industriel
Increation

Shoreditch EC1: Warehouse Living

Increation

O layout de uma cozinha é uma questão basilar que deve ser entendida por si, vejamos algumas dicas: 

- deve criar um triângulo de trabalho, isto é, manter o mais próximo possível, o fogão, o lava-loiça e o frigorifico, com a formação de um triângulo, uma vez que estes são os elementos mais usados numa cozinha. Exceptuando-se esta regra quando se trata de uma cozinha linear.

- uma cozinha deve ter uma boa área de trabalho, por isso, uma bancada deve ter um bom tamanho.

- Ilumine todas as áreas de trabalho, por cima do fogão, lava-loiça e bancada. Opte por uma iluminação direta e de luz branca.

- A arrumação nunca é demais, mas é importante ser prático e pensar que tipo de gavetas nos irá fazer mais falta. Se tem pouco espaço, deve planear muito bem esse detalhe, pois aqui, literalmente, todos os centímetros contam.

- Não descure da decoração da sua cozinha. Invista em elementos decorativos, um bonito candeeiros e em cadeiras ou bancos confortáveis. 

5. Que ideias DIY ou low-cost pode aplicar na remodelação da sua cozinha?

Pequenas alterações, rápidas e baratas poderão ser suficientes para dar um upgrade à sua cozinha, tornando-a mais moderna e bonita. Pode aplicar algumas técnicas de Home Staging que permitirão renovar a decoração da sua cozinha, a um custo mais reduzido e sem alterar o mobiliário.

- Fácil de concretizar (geralmente, basta apenas uma chave de fenda!). Instale novos puxadores nas portas e gavetas dos móveis da sua cozinha. Há diferentes estilos, formas (longos, curtos, redondos… ) e materiais (porcelana, metal, madeira, couro… ).

- Coloque novos revestimentos por cima dos existentes, utilizando colas apropriadas. 

Restaure as portas envelhecidas dos armários não fica muito caro. Qual é a solução? Um revestimento adesivo. Há de imitação de madeira, ardósia, aço ou simples, este revestimento é fácil de aplicar e o resultado fica incrível.

- Opte por uma candeeiro simples invés daqueles mais sofisticados, são mais baratos e conferem um design moderno ao espaço. 

Pintar uma das paredes da cozinha com tinta ardósia, cria um espaço giro e divertido. 

- Muitas vezes, uma pincelada de tinta já é suficiente para dar uma nova aparência à sua cozinha, nomeadamente na parede backsplash.

- Adicione ervas aromáticas à bancada da cozinha. Compre uns vasos, um pouco de terra e umas sementes, para criar uma mini-horta dentro da cozinha, é giro e é prático para temperar pratos. 

- Novos acessórios decorativos: tapete, caixote do lixo, panos de cozinha, prateleiras, quadros, relógio, entre outros.

6. Quanto custa remodelar uma cozinha?

Falar em preços é sempre algo de ambíguo e delicado, pois não queremos induzir o leitor em erro. Cada caso é uma situação diferente, pois tudo depende do tipo de remodelação, dos materiais escolhidos, do que altera ou não, se incluiu ou não profissionais, entre outras questões. No entanto, apontamos que uma remodelação de uma cozinha pode ter um custo médio de 17.000€.

Se não quer que o seu orçamento se descontrole, não avance com reestruturações de fundo que impliquem derrubar paredes, alvarás camarários, novo sistema elétrico ou canalização. Além disso a escolha dos materiais é fundamental para definir o custo da remodelação, uma vez que mais de 30% dos gastos são realizados com novas bancadas, gavetas e armários. Planeia tudo minuciosamente. 

Para uma remodelação barata, leia este artigo: 10 ideias económicas para renovar a sua cozinha.

7. Quem deve procurar?

Breakfast Bar Cuisine moderne par Katie Malik Interiors Moderne

Com a quantidade de informação disponível na internet, nomeadamente na homify e com mundo do “faça você mesmo” (DIY), acabamo-nos por esquecer, muitas vezes, que temos à nossa disposição a ajuda de profissionais e que são fundamentais para um projeto infalível, na cozinha

Quem contratar para remodelar a sua cozinha? 

Ora bem, pode procurar na nossa página contactos portugueses, de diversas regiões, tais como, arquitetos de interiores, arquitetos, designers de cozinhadesigners de interiores ou decoradores. Além destes, poderá precisar de um carpinteiro, canalizador ou um ladrilhador. Sem dúvida que, serão uma excelente ajuda para resolver esta questão de remodelação na sua cozinha. 

Maison de Village Maisons modernes par Lautrefabrique Moderne

Besoin d’aide pour votre projet de maison ?
Contactez-nous !

Trouvez l’inspiration pour votre maison !