Casa rústica apaixonante tem decoração de fazer cair o queixo

Solliciter un devis

Le numéro est incorrect. Merci de vérifier le code du pays, préfixe et numéro de téléphone.
En cliquant sur 'Envoyer', je confirme que j'ai lu le Politique de confidentialité et j'accepte que mes informations précédentes soient traitées pour répondre à ma demande.
Note : Vous pouvez révoquer votre consentement en envoyant un e-mail à privacy@homify.com

Casa rústica apaixonante tem decoração de fazer cair o queixo

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Maisons rustiques par Bianka Mugnatto Design de Interiores Rustique
Loading admin actions …

casa que lhe vamos mostrar neste livro de ideias é de uma beleza inexplicável – o design rústico e autêntico da propriedade mescla-se de forma homogénea com a natureza circundante. A transição natural entre a paisagem e a obra de que estamos a falar foi um dos maiores desafios da profissional Bianka Mugnatto, responsável pelo projecto, juntamente com seus colaboradores, o engenheiro civil Helio Fronza e a arquitecta Ana Flavia Viscaino.

Construída num condomínio de luxo em São Lourenço da Serra, no interior de São Paulo, o maior desafio da arquitecta era projectar um espaço que trouxesse um pouco da paisagem para os ambientes interiores. Assim, como a maioria dos projectos de arquitectura contemporânea, o objectivo era que o projecto fosse funcional e com um interior integrado.

O proprietário da residência tinha em mente exactamente aquilo que pretendia e assim explicou à arquitecta que prontamente, com uma equipa de profissionais qualificados, procurou utilizar técnica e conhecimento para que todas as expectativas fossem alcançadas.

Uma atmosfera que convida ao descanso

A arquitectura da casa possui uma composição de materiais orgânicos que representam a natureza local. Para que houvesse harmonia entre o exterior e o interior, o escritório de decoradores Bianka Mugnatto Design de Interiores utilizou madeira fruto de demolição, betão exposto, tijolos também provenientes de demolição e toras de eucaliptos. 

A escolha criteriosa dos materiais deveu-se a eles estarem integrados na mata atlântica, exactamente como era objectivo do projecto.

Núcleo social

O piso térreo é completamente integrado e, por isso, os ambientes são amplos. O piso da sala exibe o aspecto industrial proporcionado pelo betão queimado que traz um contraste e ajuda a realçar ainda mais a rusticidade do espaço. 

No meio da natureza

A casa conta com um sistema de drenagem feito a céu aberto. O tradicional uso de caixas não foi utilizado para evitar o risco de entupimento. As escadas exteriores na fachada, assim como o corrimão, foram feitas com madeira de demolição. Todos estes detalhes tornam esta casa autêntica e aconchegante.

Sauna transparente

Com muito vidro, os ambientes interiores recebem luz natural em abundância e, ao mesmo tempo, beneficiam da paisagem verdejante. Para além de uma grande área exterior de lazer e um court de ténis, a casa possui também uma sauna fechada e feita com vidro. A sauna é semi-húmida e, ao contrário dos modelos tradicionais, foi revestida com alvenaria e vidro. Esse diferencial permite aos moradores a sensação de estar no meio da natureza. A temperatura da sauna controla-se através do uso de lenha.

Terraço terracota

O exterior da casa possui um aspecto caloroso devido à utilização de materiais quentes. As telhas rústicas combinadas com pedra e vigas de eucalipto deixam a atmosfera mais aconchegante e convidativa. A janela da cozinha ganhou um balcão de apoio para o exterior. A sensação que se tem é de calma e de serenidade.

Cozinha rústica

A cozinha rústica é ampla e espaçosa e lembra-nos a beleza das típicas cozinhas de fazendas brasileiras. Construído com madeira, o projecto precisava de incluir um forno tradicional a lenha para trazer à vida lembranças da infância do proprietário. A atmosfera rústica e campestre enriquece a cozinha ainda mais, tornando-a um espaço convidativo para reuniões e jantares de família.

Rústico e colonial

Devido ao pé direito duplo da casa, o ambiente ficou mais arejado – a cozinha gourmet, projectada dentro da área de estar, sobressai com o seu design rústico e colonial. Uma verdadeira relíquia. 

Detalhes do fogão a lenha

De ferro e barro, construído com tijolos vermelhos, o forno foi construído especialmente a pedido do proprietário. A sua estrutura tradicional e rústica lembra-nos as residências nobres da era colonial. 

Sala de estar

Construída para ser um refúgio de descanso para o proprietário, a casa de 250 m² foi construída num grande terreno com 37 hectares. O espaço disponível serviu para criar uma área de lazer dinâmica e conveniente. No meio da natureza tropical, a casa, que foi inicialmente planeada para descanso e veraneio, acabou por se tornar um lar permanente.

Lareira

A lareira que podemos ver ao fundo foi coberta com um painel de cedrinho longo. O ambiente casual e campestre da sala deixa qualquer um a sentir-se em paz e à vontade. O ambiente é bem iluminado e as longas paredes de vidro permitem que a paisagem verde invada o interior. 

O design da escada

A escada possui um design cru. O piso e a estrutura da escada foram construídas com vigas de eucalipto. O revestimento do corrimão é de madeira tipo Peroba rosa. O design super original enriquece os ambientes, tornando o corredor muito especial. 

Quartos

A frugalidade do espaço é notável. O quarto transmite uma energia calma e serena e o mobiliário simples caracteriza ainda mais o ambiente. O telhado e os candeeiros suspensos enriquecem o espaço, mas de uma forma natural e discreta. 

Casa de banho

No piso superior, encontram-se os quartos e as casas-de-banho. A simplicidade dos ambientes rústicos exala calor. Os detalhes em madeira, como no tecto e no lavatório, deixam o ambiente mais atraente e requintado. 

Detalhes da casa de banho

Neste segundo ângulo pode-se ver a banheira e as janelas que iluminam a casa de banho.

Quarto de hóspedes

Podemos, novamente, afirmar que os quartos beneficiaram de um design discreto e singelo. O mobiliário em madeira e as arandelas caracterizam o espaço, deixando que o verdadeiro centro das atenções seja a paisagem que entra pela janela.

Acabamento exterior

Para o acabamento exterior da fachada foi utilizado um gel da marca Suvinil que dá um efeito especial à pintura. A madeira fruto de demolição utilizada nas esquadrias e o revestimento de pedras completam o cenário rústico e natural. O resultado é uma atmosfera calorosa e acolhedora!

Maison de Village Maisons modernes par Lautrefabrique Moderne

Besoin d’aide pour votre projet de maison ?
Contactez-nous !

Trouvez l’inspiration pour votre maison !